Decoração 23/07/2018

Fique por dentro da tendência do conceito aberto na arquitetura

Muito em voga nos projetos atuais, o conceito aberto é uma forma de integrar e aproveitar o espaço do lar, priorizando o convívio. Nele, as paredes são removidas (na medida do possível) na área social, criando um grande espaço multifuncional. 

Deseja conhecer mais sobre esta tendência e descobrir como aproveitá-la no seu novo apartamento? Continue a leitura!

O que é o conceito aberto?

O termo conceito aberto é uma tradução de uma expressão da língua inglesa — open concept ou open floor plan — que vem conquistando adeptos no país.

A ideia é relativamente nova, da segunda metade do século XX, quando a proposta de juntar as áreas de convivência (cozinha, sala de jantar, sala de estar e varanda) se popularizaram. Antes disso, a proposta era separar cada cômodo pela sua função, como é comum na arquitetura vitoriana, por exemplo.

Juntar os espaços em uma só área faz sentido para quem tem família, pois desta forma é possível cozinhar e olhar os filhos brincando ao mesmo tempo. A proposta também é boa para quem curte entreter no lar, trazendo o preparo dos alimentos e drinks como parte da festa.

Além disso, para quem mora em apartamento, é uma maneira muito mais interessante de aproveitar a área do imóvel, aumentando a sensação de amplitude.

Como ele vem sendo utilizado?

O ponto norteador para quem deseja aproveitar o conceito aberto é nunca esquecer da privacidade.

Portanto, o ideal é integrar ambientes de uso comum — cozinha + sala, cozinha + área de serviço, sala + escritório, sala + varanda — e deixar separado o ambiente privado do lar, como quartos, banheiros e lavabos.

Se você ou a família têm uma maior dificuldade em manter o lar organizado, o open concept pode representar um problema na hora de receber visitas. Porém, essa pode ser igualmente a oportunidade desejada para dar fim à bagunça, optando por móveis e soluções que ajudem a manter tudo no lugar.

Vale lembrar que o ideal é que o projeto (de construção ou reforma) seja idealizado e acompanhado por um profissional de sua confiança, garantindo a segurança estrutural — em muitos casos, é necessária a instalação de vigas ou a manutenção de pilastras — e a beleza na composição e decoração.

Quais os benefícios do open concept?

É provável que você já tenha percebido os grandes benefícios do conceito aberto. O primeiro é o aumento da sensação de espaço no lar, já que haverá menos paredes dividindo o ambiente.

O segundo é a socialização, seja em família, no dia a dia, ou nas festas. Com as áreas sociais em um mesmo espaço, as pessoas têm a oportunidade de conversar, ver TV e finalizar o jantar ou servir a comida de forma rápida e ágil, sem precisar sair de um cômodo e entrar em outro.

Por fim, não podemos deixar de falar das belas propostas de acabamento para ambientes integrados, seja na utilização de um belo piso, nos projetos luminotécnicos ou nas paletas de cores para personalizar.

Esperamos ter ajudado você a entender o que é o conceito aberto e como ele pode ser a resposta para montar o novo apartamento, aliando praticidade e estética.

Aproveite a sua visita no blog e confira os empreendimentos que a Monterre  — com o L’Essence,  por exemplo — oferece para você e a família serem mais felizes!