Dicas, Regiões 17/02/2021

7 vantagens para morar na Pampulha

A Pampulha é uma das regiões mais nobres da capital mineira. O espaço foi se modernizando e ganhando notoriedade em BH aos poucos, com a chegada de importantes obras e estabelecimentos. Neste artigo, vamos apresentar as 7 vantagens para morar na Pampulha! 

Grandes obras compõem à Pampulha 

Dentre as obras importantes, temos o aeroporto Carlos Drummond de Andrade, conhecido como aeroporto da Pampulha. 

Há também na região, o campus da Universidade Federal de Minas Gerais, além da extensa Lagoa da Pampulha que tem em seu entorno a Igreja de São Francisco de Assis, obra de Oscar Niemeyer, o Iate Club Pampulha, dentre outros espaços que hoje valorizam e enriquecem o conjunto arquitetônico da Pampulha. 

O Ginásio Mineirinho e o Estádio Governador Magalhães Pinto (o Mineirão), sede do Cruzeiro, também estão localizados na Pampulha, além de importantes centros de saúde, escolas, shoppings e demais estabelecimentos que fazem da região uma pequena cidade dentro de Belo Horizonte.

A Pampulha é hoje um dos melhores lugares para se viver em BH, oferecendo praticidade e comodidade aos moradores, além de ser uma região com importantes pontos turísticos para os que visitam a cidade, considerada um verdadeiro cartão-postal de BH. Também possui uma excelente localização com fáceis vias de acesso aos demais pontos da cidade.

Continue conosco e veja os 7 motivos para morar em um apartamento na Pampulha e desfrutar de toda a modernidade e qualidade de vida que a região dispõe, desde a infraestrutura às opções de lazer, gastronomia, diversão e bem-estar.

1. Bairros bem estruturados

A região da Pampulha possui cerca de 57 bairros, conforme dados da Prefeitura de BH, dentre eles um dos mais novos e super valorizados é o bairro Ouro Preto. Hoje, considerado bairro nobre. 

De nome inspirado na cidade mineira, o bairro possui um aspecto bem residencial, com muitas casas em sua área e apartamentos de alto padrão, ruas tranquilas e muito arborizadas que, além de seguras, propiciam atividades ao ar livre em qualquer horário. 

Ou seja, o cenário ideal para investir em um apartamento na Pampulha! 

Conheça o  Le Jardin! Empreendimento de alto padrão localizado no bairro Ouro Preto. 

2. Lagoa da Pampulha   

No entorno da Lagoa da Pampulha, fica um rico conjunto arquitetônico projetado por Oscar Niemeyer – uma referência da arquitetura moderna brasileira. O projeto que envolve 4 prédios foi desenvolvido por Niemeyer com participação do paisagista Roberto Burle Marx, além de outros artistas, como o artista plástico Cândido Portinari.

Integram o complexo arquitetônico, tombado como Patrimônio Cultural da Humanidade, em 2016 pela Unesco: a já mencionada Igreja de São Francisco de Assis que faz referência às montanhas mineiras; o Casa do Baile – onde atualmente é Centro de Referência em Arquitetura, Urbanismo e Design de Belo Horizonte;  o Cassino (hoje, Museu da Pampulha) que é  circundado pelos jardins projetados por Burle Marx; o Iate Clube com seu audacioso telhado em V; assim como o Museu Casa Kubistschek, que era a residência dos fins de semana de JK quando foi prefeito de Belo Horizonte (1940-1945). Incrível, não mesmo! 

3. Corredor gastronômico

Além de ser uma importante referência na arquitetura, a Pampulha também se destaca no campo da gastronomia. A região possui um vasto complexo de restaurantes renomados que são procurados não só pelos moradores da região, mas por turistas de todos os cantos do país.

O principal ponto da gastronomia mineira, na Pampulha, é a Avenida Fleming. Lá são encontrados restaurantes requintados com pratos criativos da culinária italiana, árabe, portuguesa e, lógico, mineira.

4. Espaços ecológicos

Além das ruas arborizadas, o que ameniza o clima em dias mais quentes, a região conta ainda com o Parque Ecológico Lins Rego, conhecido como Parque Ecológico da Pampulha. 

São 30 hectares de área que permitem passeios ao ar livre, além de práticas esportivas diversas como: caminhada, corrida, ciclismo e slackline. No parque está localizado também o Memorial Minas-Japão, em homenagem ao Centenário da Imigração japonesa no Brasil.

Além do conjunto arquitetônico em seu entorno, a Lagoa da Pampulha é também uma atração à parte. Em sua extensão de 18 km, encontram-se árvores frondosas que fazem sombra, permitindo que os visitantes deitem à margem da lagoa, para apreciar o pôr do sol que também pode ser visto de um dos muitos mirantes que existem na orla.

Assim, podem ser realizadas tanto atividades de lazer, como piqueniques, como atividades esportivas (corrida, caminhada, ciclismo) na lagoa também.

O Zoológico e o Aquário da Pampulha são ótimas opções para programação com as crianças. A Fundação Zoo-Botânica é um centro de preservação e realiza um necessário trabalho de educação ambiental. Lá podem ser encontradas diversas espécies de animais e plantas nativas. Já o Aquário, considerado o maior de água doce do país, reúne 1200 peixes de 50 espécies diferentes em uma área de 3 mil metros quadrados.


5. Sede do Mineirão e da UFMG

Além de jogos clássicos do campeonato brasileiro, o estádio Mineirão já foi palco para jogos da Copa do Mundo, bem como palco para grandes eventos musicais, nacionais e internacionais. Em sua área, ainda está localizado o Museu Brasileiro do Futebol que expõe e preserva artefatos materiais do futebol nacional.

Já a UFMG dá um ar acadêmico à região, que naturalmente é rota de passagem e habitação para estudantes e professores universitários. O campus é aberto à comunidade e oferece em seus espaços atividades culturais e de lazer durante todo o ano, como espetáculos de teatro e dança, feiras de artesanato, exposições, entre outras alternativas.


6. Vida noturna e diversão

O circuito de bares e pubs da Pampulha também é bastante intenso e diversificado, com destaque para os bairros Ouro Preto e Santa Amélia, onde podem ser encontrados bares, restaurantes e boates. 

São estabelecimentos que além da já famosa e citada rica gastronomia, também oferecem ótimos drinks, petiscos e cervejas artesanais. E claro, não poderia faltar o último e não menos importante item, veja a seguir!

7. Imóveis Monterre

A Monterre é uma construtora de imóveis de luxo que atua em Belo Horizonte com apartamentos de alto padrão de qualidade. Na região da Pampulha, está localizado o edifício Le Jardin, especificamente no bairro Ouro Preto. 

O prédio, inspirado nas décadas de 20 a 60, oferece conforto, segurança, qualidade de vida e bem-estar por meio de apartamentos amplos e ventilados, com sala integrada e varanda gourmet, sistema de câmera 24h, diversas opções de lazer, entre outras comodidades. Certamente, uma ótima opção para viver em um apartamento na Pampulha, usufruindo de todos os benefícios que a região dispõe.

Quer saber mais? Entre em contato com nossos consultores! Baixe também o ebook que fala sobre os principais parques de Belo Horizonte. Enjoy!