Decoração 23/11/2017

Cromoterapia: dicas de cores para tornar seu quarto mais agradável

A escolha da paleta de cores para compor a decoração é fundamental. Não somente para criar uma harmonia visual, mas também porque as tonalidades é que são responsáveis pelo clima dado ao ambiente.

Dessa forma, a cromoterapia tem sido usada cada vez mais ao decorar os espaços. Trata-se de uma prática que utiliza as cores para interferir de maneira positiva nas emoções das pessoas. Ao contrário do que normalmente se pensa, esse método não é crendice ou misticismo, pois é reconhecida pela OMS — Organização Mundial da Saúde — desde 1976.

Quer saber mais sobre o assunto? Neste artigo vamos apresentar os efeitos de 6 cores que você pode utilizar para decorar seu lar, em especial os quartos. Confira!

Azul

É uma cor que dá a sensação de relaxamento, tranquilidade e calma. É a cor ideal para tratar insônia. Assim, ela pode ser utilizada nas paredes ou predominar na decoração do quarto: roupas de cama, cortinas, objetos decorativos, ou até mesmo na iluminação do abajur. Se harmonizada com branco, proporciona sensação de frescor e limpeza.

Os tons claros são excelentes para o quarto das crianças. Já os escuros, além do que foi dito, cria um ambiente mais sério. Desse modo, fica ótimo em escritórios, home office ou sala de estar.

Verde

Tem propriedades semelhantes ao azul: relaxa, acalma, tranquiliza e refresca. A diferença é que o verde não é considerado uma cor fria, pois está no ponto médio entre claro e escuro, frio e quente. Desse modo, é mais indicado em regiões mais geladas, pois nesse caso, o azul faria com que o ambiente parecesse ainda mais frio.

Outra vantagem do verde é que ele é fácil de ser combinado com outras cores, já que varia bastante na tonalidade.

Branco

É a união de todos os matizes e representa a pureza e a paz. Um ambiente onde predomina o branco nos parece mais amplo e também mais limpo. Por ser uma cor neutra, combina com quaisquer outras. Assim, você pode utilizar os benefícios das outras em conjunto, já que ela potencializa as demais.

Lilás

Segundo a cromoterapia, esse tom é purificador, pois transforma as energias negativas em positivas. Além disso, também é uma cor refrescante, que oferece tranquilidade, sossego e relaxamento.

Por ser uma mistura do azul com o vermelho, atua sobre a criatividade e intelecto. Portanto, é uma excelente opção de cor para quartos onde também há um canto para os estudos.

Rosa

Relacionado diretamente à doçura, amor, feminilidade e leveza. É muito usada em quartos para meninas. Porém, por se tratar de um tom mais claro de vermelho, é uma cor bastante estimulante. Por isso é bom não exagerar na decoração rosa do quarto. O ideal é combinar com outras cores para gerar um equilíbrio, como por exemplo branco, verde-água, azul-claro ou lilás.

Amarelo

Cor luminosa, quente, alegre e tropical. Os cromoterapeutas afirmam que estimula a comunicação, concentração e raciocínio pois atua diretamente no mental. Em tons claros e bem dosados, cria-se um clima aconchegante e caloroso na medida correta. Assim sendo, seu uso também é recomendado para quartos.

Nos dormitórios, onde prezamos pelo relaxamento e tranquilidade, deve-se evitar cores fortes como o vermelho, laranja, roxo e marrom. Dê preferência às cores citadas neste artigo e garanta uma melhor qualidade de vida e boas noites de sono.

Percebeu quantos benefícios você e sua família podem ter ao escolher a cor adequada dos quartos usando a cromoterapia? Você só precisa ter cuidado com a combinação e o excesso de cores! Observando este detalhe será possível equilibrar o ambiente sem fugir da paleta escolhida para que a sua decoração torne o ambiente agradável. Isso é o que buscamos no nosso quarto — um lugar acolhedor  onde podemos nos refugiar.

Gostou deste artigo? Continue em nosso blog e aproveite para ter mais ideias sobre como decorar bem seu lar lendo sobre as diferenças entre mármore e granito e escolha o que melhor se adapta à sua decoração.