Família 27/11/2019

Tradições em família: qual a importância e como criar novas?

Em um relacionamento, cada um tem costumes e crenças que recebeu ao longo de sua vida e o transformou na pessoa que é hoje. Quando se unem, é importante criarem novas tradições em família que podem ser uma continuação desses ensinamentos ou a formação de outros.

Para os casais sem filhos, as tradições são maneiras de criar histórias e boas lembranças. Aos que já têm crianças em casa, é uma excelente maneira de transmitir valores e ajudar na formação de seu caráter. 

Mas como criar tradições em uma família que acaba de se formar? É o que você vai descobrir neste post!

A importância das tradições em família

Do latim ‘traditio’, tradição significa ‘entregar ou passar a diante’. Quando falamos em tradições em família, entendemos que se trata da transmissão de costumes, hábitos, crenças, memórias e outros fatores que foram adquiridos e mantidos ao longo dos anos.

Passadas dos pais para os filhos ao longo das gerações, as tradições têm grande peso na formação de todas as pessoas. Além de manter a união familiar, são responsáveis pela formação da identidade, do caráter, do comportamento e das memórias que farão parte da história do indivíduo que pode vivenciá-la.

Quando se tem filhos, as tradições em família ajudam (e muito) no desenvolvimento das crianças, tanto no psicológico quanto no comportamental. 

Esses costumes também são importantes para favorecer a sensação de segurança dos pequenos, pois os hábitos contribuem para que eles compreendam o que vai acontecer e, dessa forma, se sintam mais tranquilos. Somado a isso, as rotinas familiares proporcionam estabilidade emocional, ajudam no desenvolvimento da personalidade e aumentam a autoestima.

Mas mesmo quando não se tem filhos, as tradições em família são tão importantes quanto, trazendo também inúmeros benefícios.

Para os casais recém-formados, que estão pela primeira vez dividindo o mesmo teto, as tradições ajudam a moldar a sua história e, por que não, se prepararem para receberem as novas gerações. Esses hábitos também reforçam os vínculos, contribuem para manter o respeito mútuo e estreitam os laços.

Como criar essas tradições

Como dito anteriormente, as tradições em família, especialmente as novas, podem ter como base os costumes herdados por cada pessoa que a compõe. Sobre essa estrutura, o ideal é criar ações e hábitos que atendam os gostos, respeitem as vontades e necessidades individuais e que sejam fontes de crescimento para os envolvidos.

Se você acabou de formar sua família, mudou de residência e quer mudar também a rotina, ou pretende criar novas tradições para aumentar os vínculos emocionais, aqui vão algumas dicas valiosas.

O que deve ser considerado 

Antes de determinar o que fará parte das tradições em família, é preciso considerar alguns pontos. Por exemplo, é importante que a atividade proposta seja motivo de felicidade para todos e que não gere estresse, do contrário, é bem possível que ela seja deixada de lado. Também é ideal que: 

  • as tradições familiares sejam fontes de boas lembranças;
  • sejam simples, mas que se transformem em momentos especiais;
  • inclua todos os membros da família;
  • sejam constantes e façam parte da rotina e da agenda familiar, evitando que caiam no esquecimento com o passar dos anos.

O que pode compor as tradições familiares 

Existem diversos momentos que podem fazer parte das tradições em família e, dessa forma, gerar histórias e boas lembranças. Se reunir para jantar todos os dias, ou ler algo para os filhos dormirem são algumas delas. Veja abaixo outras possibilidades que vão lhe inspirar a criar as suas próprias tradições familiares.

Tradições que podem ser feitas diariamente

  • fazer, ao menos, uma refeição juntos;
  • dividir as responsabilidades da casa, como uma pessoa lavar a louça e a outra secar; estender e recolher as roupas do varal; cuidar dos animais de estimação etc.

Tradições que podem ser feitas semanalmente

  • ter uma noite, ou um dia da família, para falarem de experiências vividas durante a semana, ter uma refeição especial, fazer jogos e brincadeiras, entre outras atividades;
  • escolher um dia da semana para comer fora ou para prepararem juntos o que será consumido;
  • definir um dia para visitar parentes ou fazer algum passeio específico, como andar em um parque, pedalar ou ir ao cinema;
  • praticar alguma atividade física juntos.

Tradições que podem ser feitas mensalmente

  • fazer uma pequena viagem de fim de semana;
  • verificar o orçamento familiar para definir planos e metas relacionadas a questões financeiras.

Tradições que podem ser feitas anualmente

  • comemorar aniversários e datas especiais;
  • fazer uma viagem mais longa;
  • montar jantares especiais para o Ano Novo e criar hábitos para datas importantes e trocas de presentes.

Há inúmeras atividades e hábitos que podem compor as tradições em família, mesmo para as que estão se formando agora. 

Você pode, inclusive, apresentar para a pessoa que está ao seu lado alguns costumes típicos da sua família, como um prato típico, ou trocar bilhetes sempre que quiserem falar algo especial um para o outro. Assim, se considerarem interessante, podem torná-los parte da tradição de vocês também.

Mas não se esqueça que o contrário também é válido e fundamental para manter o equilíbrio da relação, além de permitir agregar novos valores e ensinamentos para a família que está se formando.

Viu como é importante, e fácil, criar tradições em família? Estar por dentro das novidades também ajuda muito na rotina e pode trazer informações significativas para o seu futuro e de sua família. Por isso, aproveite que está aqui e assine nossa newsletter. Assim, sempre que postarmos conteúdos como este, você receberá em primeira mão!