Novidades 25/08/2020

Home office em apartamento: como ter tudo dentro de casa?

Hoje, as plantas dos apartamentos estão cada vez mais versáteis e os projetos decorativos ajudam a ampliar os espaços e a criar diferentes áreas de convívio, com jardins, salas de estudo e até home office em apartamento.

Se você precisa transformar o seu lar, trazendo mais espaço, conforto e praticidade ao seu dia a dia, siga a leitura e veja as principais dicas de decoração que separamos!

Jardins

Trazer a natureza para perto é o desejo de muitas pessoas. E quem mora em apartamentos pode usar alguns truques decorativos para conquistar esse sonho.

Em geral, o espaço mais usado para criar um belo jardim é a varanda. Você poderá aproveitar as paredes e desenvolver um jardim vertical ou até criar uma parede verde, com samambaias ou outras espécies pendentes.

Se você quiser usar outra área dentro de casa, a dica é opte por uma parede que seja próxima a uma janela. Afinal, muitas espécies precisam de, no mínimo, algumas horas de sol para se desenvolver.

Mas se não for possível, você também poderá criar seu jardim em locais menos usuais, como os banheiros, lavabos e cozinhas. Nesse caso, é fundamental optar por espécies que consigam se desenvolver em locais de sombra.

Para organizar os vasos, existem inúmeras ideias. Além dos pendentes, que otimizam espaço, é possível aproveitar estantes, prateleiras e outros móveis. Ou ainda é possível usar mesinhas de canto, banquetas e suportes de chão para os vasos maiores. Fazer essa distinção de altura entre as diferentes espécies ajuda a trazer mais vitalidade ao seu jardim.

Se a ideia é criar um jardim vertical, você poderá usar pallets em uma das paredes ou treliças de madeira ou de metal. Escolha com cuidado os vasos, pensando nas características das plantas, e também no design da sua casa.

Espaço Zen

Manter as boas energias, meditar e relaxar são algumas das atividades que podem ser feitas no espaço zen. E é claro que você também poderá criar esse cantinho especial no seu apartamento.

Mais importante do que a área definida para isso é a capacidade que o espaço oferece para você desligar de tudo por alguns minutos e estabelecer uma conexão com a natureza e com você mesmo, trabalhando as boas energias.

Assim como o jardim, uma boa área para o espaço zen é a varanda. Na verdade, você poderá unir os dois ambientes em um só, criando o jardim com vários vasinhos e um espaço para meditar e relaxar, aproveitando as boas vibrações das suas plantas.

Se isso não for possível, você poderá escolher um cantinho no quarto de hóspedes ou até na sala. Antes de escolher o local certo, teste a incidência de luz, de sons e de outros capazes de influenciar na sua concentração.

Depois de definir a área, comece a “equipar” o seu espaço zen com muito aconchego. O conforto é essencial para criar um clima favorável à meditação e às demais atividades relaxantes, como ler, descansar ou ficar algum tempo em silêncio.

Use futons, pufes, tapetes felpudos, almofadas ou ainda uma esteira. Tente incluir um pouco de natureza nessa área, com alguns vasinhos de plantas ou flores. Se o espaço zen for dentro de casa, opte por plantinhas fáceis de cuidar, como cactos e suculentas.

Iluminação

Outro ponto essencial é a iluminação. Tente aproveitar ao máximo a iluminação natural, deixando seu espaço zen mais próximo das janelas. Durante à noite, você poderá usar uma iluminação indireta com lâmpadas quentes, além de arandelas, luminárias e velas (inclusive as aromatizadas são ótimas para favorecer a aromaterapia).

Complemente seu espaço zen com incensos, difusores de ambientes e uma decoração adequada, como mini fontes de água, imagens e outros que favoreçam o relaxamento.

Sala de estudos

Além de relaxar e ter mais contato com a natureza, o apartamento também é uma área de convívio, por isso a sala de estudos é fundamental, tanto para as crianças e adolescentes, como para os adultos.

Você poderá criá-la em um quarto adicional e destinado a essa finalidade, aproveitar um cantinho da sala ou até mesmo usar ideias mais criativas inovadoras, por exemplo fechando a varanda com vidro e climatizando essa área para os estudos e o trabalho.

De qualquer forma, opte por um espaço que seja mais tranquilo, tenha uma boa iluminação (especialmente a natural) e ofereça comodidade e praticidade.

Na hora de escolher os mobiliários, avalie quem usará o espaço. O indispensável envolve uma escrivaninha, cadeira ergonômica e uma estante ou prateleiras para organizar os livros e outros materiais.

Outro ponto importante é a escolha das cores, criando um local aconchegante e tranquilo. Evite os tons muito chamativos ou escuros demais que podem atrapalhar a concentração e comprometer a aprendizagem. Boas ideias são: branco, bege, gelo, erva-doce, azul claro e areia.

Além da iluminação natural, reforce a artificial, com um lustre central de teto e uma luminária de mesa que possa ser direcionada de acordo com as necessidades. Tente, se possível, posicionar a mesa de estudos próxima da janela para o estudante desfrutar da luz natural. Só tome cuidado com os reflexos.

Home office em apartamento

O home office em apartamento é uma realidade de muitas pessoas, seja para trabalhar full time ou apenas em determinados dias da semana. Ele pode ser montado no mesmo ambiente da sala de estudos, criando um espaço para toda a família.

A boa notícia é que mesmo os apartamentos menores podem contar com um home office, pois não é necessário um espaço muito grande para trabalhar. Na verdade, o mais importante é que ele seja aconchegante e ergonomicamente adequado.

Se o espaço para o home office não é muito grande, invista em móveis planejados e multifuncionais. Por exemplo uma estante para livros já com a escrivaninha embutida ou uma penteadeira que se transforma em escrivaninha e outros itens com dupla função (que podem ser usados para outros momentos quando você não estiver trabalhando).

Na hora de escolher o mobiliário, pense na ergonomia. Lembre-se que você passará várias horas por dia trabalhando ali. Escolha uma cadeira com regulagem de altura, de encosto e para os braços. Meça a altura da escrivaninha garantindo que ela será confortável para você. Opte por monitores de computador com regulagem de altura – e assim por diante.

Para favorecer a organização das tarefas, você poderá adicionar quadros nas paredes no estilo lousa e já com os dias da semana ou investir em murais e outros acessórios de organização.

Uma estante ou algumas prateleiras são fundamentais para organizar objetos, documentos, pastas e outros itens indispensáveis.

Iluminação para home office em apartamento

A iluminação também é essencial – e vale a mesma dica da sala de estudos, sempre optando por um local que aproveite ao máximo a iluminação natural e contando com opções artificiais adicionais, como as luminárias de mesa.

A iluminação também é essencial – e vale a mesma dica da sala de estudos, sempre optando por um local que aproveite ao máximo a iluminação natural e contando com opções artificiais adicionais, como as luminárias de mesa.

Por fim, lembre-se de deixar tudo organizado. Assim, escolha objetos que ajudem nessa tarefa, como caixas organizadoras, latas de lixo, acessórios para organizar as gavetas, porta caneta, porta arquivos etc. E não se esqueça de decorar seu home office, deixando-o com a sua personalidade. Use quadros, fotografias, frases inspiradoras e motivacionais, suas cores favoritas e outras ideias.

Viu só como, com alguns truques decorativos, é possível ter de tudo, desde um jardim até um home office em apartamento? Gostou das nossas dicas? Participe do nosso quizz e descubra qual estilo de decoração combina mais com você!